segunda-feira , 18 dezembro 2017
Home / Artigos / Colunistas / Como apoiar e desenvolver com qualidade as turmas de Educação de Jovens e Adultos e evitar que os alunos desapareçam

Como apoiar e desenvolver com qualidade as turmas de Educação de Jovens e Adultos e evitar que os alunos desapareçam




1. Oferecer às turmas de EJA, professores capacitados para esta modalidade, que tenham vocação, jeito de trabalhar com adultos, de modo especial pessoas idosas. Colocar para estes alunos os melhores professores da rede de ensino, e não aqueles que já estão doentes, cansados, sem motivação ou que tem pouca formação acadêmica.

2. Oferecer às turmas de EJA, professores que tratem com carinho e atenção individualizada cada aluno.

3. Oferecer salas de aulas adequadas para jovens e adultos, com carteiras confortáveis, em bom estado de conservação, em salas em bem iluminadas e arejadas, principalmente para as turmas que funcionam no turno da noite;

4. Oferecer material didático de qualidade para os alunos e professores o ano inteiro, desde o primeiro dia de aula até o último dia de aula;

5. Criar laços de amizades com alunos da EJA. O professor deve fazer um esforço para visitar a casa de cada aluno, conhecer sua família, sua história de vida, estreitando assim os laços de convivência e confiança do aluno professor;

6. Estimular e motivar o aluno da EJA, dizendo que nunca é tarde para recomeçar, mesmo com tantas dificuldades. Recomeçar todo dia é o necessário e nunca dedistir.

7. Oferecer fardamento escolar de qualidade para todos os alunos da EJA, desde o primeiro dia de aula: mochila, caderno, lápis, borracha, régua, apontador, etc.

8. Oferecer às turmas de EJA, alimentação escolar, ou seja, a famosa merenda escolar, em todos dos dias de aula, do primeiro ao último dia.

9. Não esquecer nunca, que o aluno da EJA tem os mesmos direitos dos outros alunos da rede de ensino.

10. Oferecer uma bolsa de incentivo aos estudos e a frequência às aulas. Quem sabe uma ajuda financeira para o deslocamento, para ajudar nas despesas pessoais do aluno e da família do aluno. Pode até ser uma cesta básica para os alunos que frequentarem 75% das aulas mensais e que apresentarem desenvolvimento na sua aprendizagem de alfabetização.

11. Oferecer às turmas de EJA, cursos profissionalizantes e atividades de inclusão no mundo do trabalho, em atividades culturais e recreativas.

12. Oferecer as turmas oportunidades e condições de uso de vídeo aulas. Lembrar que os alunos da EJA tem o direito de usar todos os espaços da escola, como a sala de vídeo, a quadra de esportes, a biblioteca, etc.

13. Oferecer livros de acordo a realidade dos alunos e da turma, que falem da sua cultura, e que respeitem as suas etapas de aprendizagem.

14. Investir na formação permanente dos professores da EJA, mantendo-os sempre atualizada, apresentando técnicas e metodologias inovadoras que possam colaborar com o ensino aprendizagem.

15. Realizar planejamento pedagógico das aulas da EJA, oferecendo suporte para atividades realizadas em sala de aula.

16. Avaliar permanentemente as atividades realizadas nas turmas da EJA, e o ensino aprendizagem.

17. Discutir com os alunos sobre as suas dificuldades de aprendizagem e as causas da evasão escolar e buscar soluções para os problemas.

 

Fidelis Mangueira
Professor e Psicólogo
Contato: Email: fidemangom@yahoo.com.br
Fone/zap: (83) 9.9641-6222

Deixe seu Comentário via Facebook

Comentário(s)

Veja Também

Câmara aprova projeto que define atribuições de agentes comunitários de saúde

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (12) proposta que define as atribuições ...

%d blogueiros gostam disto: